segunda-feira, 19 de abril de 2010

Paradinhas são trapaças

   O que você pensa de trapaça? Não importa aonde aconteça (no trabalho, em casa, no coração), ela é desleal e, segundo o dicionário, uma fraude. Por que seria diferente em um jogo de futebol? As tão praticadas paradinhas no momento do pênalti deveriam ser punidas. Na Europa, em alguns países, os jogadores são punidos com cartões, a Fifa deve punir durante a Copa do Mundo com cartão amarelo e vermelho na reincidência. Já a CBF não deu nenhum passo para mostrar que está pensando no assunto.
   A função do goleiro neste momento acaba sendo dispensável com a paradinha. Imagine uma final decidida nos pênaltis dessa forma. Nada emocionante, já que a espera seria por um erro grosseiro de quem estivesse batendo. Desde que os atacantes decidiram utilizar esse artifício não vemos mais grandes defesas. O mantra das torcidas, Erra! Erra! ou Pega! Pega!, não tem mais objetivo, já que o atacante mira e, claro, escolhe o canto oposto do goleiro.
   Tudo bem, na hora do pênalti muito goleiros se adiantam, o que considero errado também. Os árbitros deveriam ser mais severos e fazer a bola voltar toda vez que isso acontecesse, assim como a barreira reduzir pela metade a distância até a bola na cobrança de falta. Penso que as regras existem para permitir uma disputa limpa, em que todos têm a mesma oportunidade de levar seu time à vitória.
   Quando vamos ver a CBF fazer algo para interferir nesses subterfúgios tão comuns ultimamente nos gramados brasileiros?
   A Internationaal Football Association Board (IFAB), responsável por fazer mudanças nas regras do futebol, decidirá em reunião especial, nos dias 17 e 18 de maio, sobre as paradinas nas cobranças de pênaltis, faltas em jogo, expulsões por ofensas em campo e as responsabilidades do quarto árbitro.
   Quanto às paradinhas, acredito que as chances de serem punidas são maiores, já que no final do ano passado o presidente da Fifa, Joseph Blatter, a condenou e a considerou “uma maneira de roubar, uma deslealdade”.
   Torço pelo retorno das grandes emoções à partida de futebol. Quero meu coração disparado pela expectativa do acerto.



9 comentários:

  1. Também sou contra. O jogo fica sem graça. É previsível. Ontem mesmo pensei que se essas paradinhas acontecerem durante a Copa do Mundo será horrível.

    Talvez com a Fifa criando regras para punir, as entidades pelo mundo também adotem.

    Valéria Guimarães (via msn)

    ResponderExcluir
  2. Tem um detalhe: há alguns anos, a paradinha era permitida na Europa e aqui não. Agora inverteu tudo. Cada país, ou continente, tem o direito de experimentar novos artifícios, como o spray pra marcar o local da falta e da barreira. Isso existe aqui na América Latina e não em outros países...aí, a Fifa resolve se permite ou não em campeonatos oficiados por ela...

    ResponderExcluir
  3. Se liberarem a paradinha, nem dêem o penalty, dêem o gol logo e solta a bola no meio jah.
    Tremenda sacanagem com o goleiro.

    Mau caramel
    (via orkut - comunidade São Paulo FC Tricolor)
    http://migre.me/xUM6

    ResponderExcluir
  4. Paradinha é pra quem não se garante.

    George
    (via orkut - comunidade São Paulo FC Tricolor)
    http://migre.me/xUM6

    ResponderExcluir
  5. um dia isso acaba... eh uma puta sacanagem... + faze o que.

    João Santana
    (via orkut - comunidade São Paulo FC Tricolor)
    http://migre.me/xUM6

    ResponderExcluir
  6. O penalty é oq? Um boqueio ao gol que iria acontecer ou a grande chance do gol

    Pra quê dar vantagem ao goleiro e ao time que cometou o penalty?

    Tem que ter paradinha mesmo!

    Arthur Martins
    (via orkut - comunidade São Paulo FC Tricolor)
    http://migre.me/xUM6

    ResponderExcluir
  7. Minha cara Juliana:

    Ou é coincidência ou você é sãopaulina mesmo.
    Abraços.
    Augusto Henrique.

    ResponderExcluir
  8. Olá, vim lá do amigo Baraçal, belo argumento e muito bem escrito, mas logo se nota que você não é Santista porque a emoção no futebol já voltou e está na vila mais famosa do mundo com Neimar e cia. Abraço

    ResponderExcluir
  9. Não sou santista mesmo, mas reconheço que pela campanha feita o campeonato tem que ser do Santos.

    E Tossan a emoção no futebol não pode ser só com os meninos da Vila. É muito mais que isso.

    ResponderExcluir